Perguntas Frequentes do Curso de Memorização

1. O curso de memorização vai ajudar de fato eu memorizar assuntos de escola, concursos e trabalho?

O aproveitamento depende do esforço de cada um. Você aprende a falar inglês se praticar até dominar o assunto. Da mesma forma é o que acontece com as técnicas de memorização que são muito mais fáceis de aprender. Nos primeiros dias você estará memorizando dezenas de assuntos com segurança e rapidez. Mesmo crianças podem aprender com muita facilidade as técnicas de memorização.

2. Por que nas escolas não ensinam técnicas de memorização?

Simplesmente porque os professores não conhecem as técnicas de memorização. Como vão ensinar o que não conhecem? Decorar é a regra. Nunca nos ensinam a aprender a estudar e técnicas de memorização.

As técnicas de memorização são conhecidas superficialmente pelos professores de cursinhos quando ensinam truques aos alunos. Entretanto nosso curso de memorização vai muito mais longe, ensinando técnicas associativas mais refinadas e também a desenvolver a memória natural, sem o uso de métodos associativos. Algumas das técnicas de memorização que usamos são as mesmas que os psicólogos e médicos ensinam nas clínicas de memória ou de geriatria. Outras técnicas o Prof. Flávio Pereira aperfeiçoou.

Sugiro ler o livro “Revolucionado o aprendizado”, de Gordon Dryden e Jeannette Vos.  O livro mostra como no mundo inteiro escolas estão utilizando técnicas de memorização para o aluno aprender melhor e mais rápido.

3. Pode explicar o que são técnicas associativas?

São técnicas para ajudar na memorização. Quando você era criança aprendeu tudo por associação. Hoje mesmo acontece assim, mas na maioria das vezes de forma inconsciente. Você não percebe, mas está aprendendo por associação. Quando era criança a professora alfabetizou você usando imagens conhecidas para que conseguisse memorizar assuntos novos, as letras do alfabeto. Assim “B” foi associado com a imagem de uma “bola”, “S” associado com a imagem de um “sapo”, “C” com a imagem de uma “casa”. A técnica associativa é bem simples: vincula algo novo com algo conhecido através de imagens, porque a memória humana é predominantemente visual.

Na informática você também observa imagens (ícones). Exemplo: a imagem de um disquete lembra “salvar” a informação, a da impressora lembra “imprimir”,etc. Praticamente tudo o que aprendemos é assimilado por associação de idéias ou imagens. Você chega a um local novo porque associa os pontos que conhece (ruas, edifícios, praças) com aqueles que não conhece. Nos aparelhos eletro-eletrônicos da sua casa, no celular, no painel do carro, encontramos imagens que nos ajudam a lembrar como lidar com estes equipamentos. Os sinais de trânsito usam ícones. Não há nada de misterioso. Em nosso curso de memorização em Curitiba você aprenderá além das técnicas associativas outros métodos para desenvolver sua memória. Por isto nosso curso é o mais completo.

4. Com que idade uma pessoa pode aprender as técnicas de memorização e qual o limite de idade? Qual o público que procura o curso?

A faixa etária dos freqüentadores dos cursos está entre os 15 e 45 anos, mas aparecem alunos com 10 anos e com 70 anos. São estudantes, profissionais liberais, funcionários públicos, vestibulandos, universitários, pós – graduandos, aposentados, pessoas que irão prestar concursos ou simplesmente porque desejam desenvolver a memória.

5. Todos os cursos e livros sobre memorização são bons? Os cursos são iguais?

Não! O principal problema está na formação acadêmica de quem produz os cursos e livros. Na Internet e nas livrarias verificamos cursos e livros sobre memorização produzidos por pessoas leigas. O profissional habilitado para tratar de assuntos ligados ao cérebro e à mente é o psicólogo e o médico, neste último caso se especializado em área afim. Nas faculdades disciplinas como neuroanatomia, fisiologia, psicobiologia, psicopatologia, psicologia da percepção e outras conferem a base teórico – prática necessária para o profissional não só produzir cursos e livros de qualidade.

Outro aspecto a considerar na compra de livros e cursos sobre memorização: obras ou cursos desatualizados. Verifique o ano de publicação original do livro ou apostila e posteriores atualizações. Existem no mercado livros e cursos que não são atualizados. Simplesmente são reeditados há décadas.

Se você tiver outras dúvidas fale conosco.

Dúvidas? Envie uma mensagem.

Flávio Roberto Pereira Selo de Qualidade

Prof. Flávio Pereira.

Enviar um e-mail para Flávio

Facebook Psicologo Curitiba Google+ Psicologo Curitiba