Quais as diferenças entre psicólogo, psiquiatra, psicanalista?

 

Diferenças entre psicólogo, psiquiatra, psicanalista

Diferenças entre psicólogo, psiquiatra, psicanalista

Quais as diferenças entre psicólogo, psiquiatra, psicanalista, psicoterapeuta, terapeuta e coach?

Psicólogo: é formado em curso superior na faculdade de psicologia, atua com técnicas e testes psicológicos específicos, regulamentadas pelo Conselho Federal de Psicologia. Só o psicólogo pode aplicar testes psicológicos, cita-se como exemplo, o teste para o porte de armas. Existem diversas abordagens de tratamento clínico no campo da psicologia. O psicólogo não pode receitar medicação pois não é médico. Ele responde ao Conselho Regional de Psicologia.

Psiquiatra: é formado no curso superior de medicina, pode atuar com psicanálise e outras técnicas de psicoterapia, mas principalmente prescreve medicação. Em geral, este profissional acredita que fundamentalmente os remédios resolvem os problemas mentais, de comportamento e afetos. O problema está na dependência química dos remédios, que causam efeitos colaterais (é só ler a bula do remédio), às vezes piores do que o transtorno original. O psiquiatra responde ao Conselho Regional de Medicina e realiza trabalho em conjunto com o psicólogo, para tratar de casos específicos.

Psicanalista: é formado nos cursos superiores de psicologia ou medicina, ou em institutos, sociedades, centros ou clínicas especializadas em Psicanálise. Pessoas de qualquer formação (advogados, engenheiros, contadores) podem ser psicanalistas após concluir o seu curso de formação psicanalítica. Os psicanalistas não respondem a nenhum Conselho Oficial de Classe Profissional como fazem médicos e psicólogos, porque não existe legislação para o setor. Os psicanalistas tradicionais trabalham com o paciente deitado em um divã fazendo análise de sonhos, associação livre de pensamentos e análise de acontecimentos da vida passada e presente.

Psicoterapeuta: é qualquer profissional que faz atendimento como o psicólogo, psiquiatra, psicanalista. Não responde a nenhum Conselho Oficial de Classe Profissional, porque não existe legislação para o setor.

Terapeuta: sem necessidade de formação específica nas modalidades anteriores. Não responde a nenhum Conselho Oficial de Classe Profissional, porque não existe legislação para o setor. Trabalha com uma ou várias linhas de aconselhamento para problemas comportamentais e emocionais. Existem muitos cursos de formação e aperfeiçoamento de terapia, diversas abordagens, em escolas, centros, institutos, espalhados pelo país. Este profissional educa, orienta, apoia, aconselha, motiva.Podem ser terapeutas holísticos, alternativos, naturoterapeutas.

Coach Clínico: modalidade mais recente de orientação pessoal e profissional. Não responde a nenhum Conselho Oficial de Classe Profissional, porque não existe legislação para o setor.  Trabalha com uma ou várias linhas de ajuda para problemas profissionais, comportamentais, emocionais e existenciais. Existem muitos cursos de formação para Coaches, diversas abordagens, em escolas, centros, institutos. O Coach educa, orienta, apoia, aconselha, motiva. Qualquer pessoa pode ser um coach, independente da formação superior ou não.

Todos esse profissionais, psicólogos, psiquiatras, terapeutas, coaches, devidamente preparados, podem ajudar você a superar seus problemas comportamentais ou emocionais. Flávio Pereira é psicólogo, coach e psicanalista. Agende sua consulta pelo WhatsApp 41 9.8525-1140
Saiba mais sobre o psicologo Flávio Pereira, clique aqui
Consultas via Skype, clique aqui

Flávio Roberto Pereira Selo de Qualidade

Prof. Flávio Pereira.

Enviar um e-mail para Flávio

Facebook Psicologo Curitiba Google+ Psicologo Curitiba